Home / Empreendedorismo /

Aprenda agora 7 dicas para apresentar uma empresa oralmente

apresentação de empresas

Aprenda agora 7 dicas para apresentar uma empresa oralmente

Todos os contactos são importantes para o sucesso da sua empresa. Mesmo que esses contactos não se tornem necessariamente em novos clientes, estará a construir uma agenda de contactos fortes e uma rede a que pode recorrer para resolver problemas no futuro ou contratar serviços necessários para lidar com um cliente específico.

No entanto, já parou para pensar na forma como apresenta a sua empresa? Uma apresentação pode ser decisiva para os negócios e, por isso, é importante saber como apresentar se apresentar. No seu discurso deve ser atraente e mostrar relevância, além de que deve ser ainda objetivo e rápido. Não é isto que costuma fazer? Pois fique a saber que pode estra a perder grande potencial para a sua empresa!

Mas não se preocupe porque queremos ajudá-lo. Neste post, reunimos algumas dicas para orientar o seu discurso. Após ler o nosso artigo sugerimos que treine o seu discurso e aponte numa folha de papel aqueles que são os pontos obrigatórios a que deve responder.  Preparado? Vamos lá então.

Não perca também a oportunidade de garantir o E-Book Gratuito Ferramentas de Publicidade e Marketing AQUI NESTA PÁGINA.

7 dicas para estruturar o seu discurso de apresentação de empresas

As nossas dicas são orientadas para um tipo de apresentação empresarial muito popular conhecido como “elevator pitch”. O que diria se tivesse de apresentar a sua empresa a um desconhecido com quem partilha um elevador? Não dispõe de mais de 2 ou 3 minutos para o fazer, por isso tem de ser muito seletivo na informação a usar.

1 – Comece com uma pergunta

É importante medir o grau de conhecimento da pessoa a quem se dirige, caso seja um total desconhecido para si. Pergunte algo mais específico sobre o mercado onde está a atuar.  “Sabe por acaso como funciona…?”. Perante a resposta que receber conseguirá perceber se a pessoa tem já algum contacto prévio do assunto ou se terá de responder à pergunta que você mesmo fez.

2 – Oportunidade

A segunda etapa passa então por usar a oportunidade que encontrou anteriormente e puxar a conversa para um dos dois caminhos que identificou: preencher a lacuna de conhecimento da pessoa, apresentando ainda a sua empresa como uma solução para algo específico do mercado; avançar imediatamente para a apresentação da sua empresa e de como pode solucionar uma necessidade ou problema.

   

3 – Além do óbvio

Lembre-se: o tempo de que dispõe é limitado. Por isso mesmo, poupe tempo cortando tudo aquilo que é indispensável, óbvio e do senso comum. Não diga por exemplo que “O Facebook é a maior rede social do mundo” quando isso é hoje um dado adquirido por todos os que trabalham na Internet.

4 – Poupe-se nas explicações

Não cometa o erro de explicar tudo, tudo, tudo o que a sua empresa faz. Este é um erro básico cometido por muitos empresários, e que facilmente o consegue tentar, mas que no final se vai virar duplamente contra si: em primeiro lugar, vai entediar a outra pessoa e diminuir o seu interesse; em segundo lugar, vai “queimar” tempo útil que poderia ser usado de melhor forma.

5 – A regra dos 5 minutos

Não precisa de estar sempre a cronometrar a sua apresentação, mas tenha cuidado para não exceder o aceitável. Lembre-se do que dissemos acima: tente imaginar que a apresentação tem de acontecer durante uma viagem de elevador… para um 20.º andar, por exemplo. Preferencialmente, limite a sua apresentação aos 3 minutos mas se achar que necessita de um pouco mais não se preocupe e avance até aos 5 minutos. Treine a apresentação em casa, se achar que isso o vai ajudar a ser mais rápido quando chegar o grande momento.

6 – Adapte a linguagem

A sua empresa atua para diferentes públicos? Excelente! No entanto, é importante que adapte o seu discurso de apresentação às características de cada um desses públicos. Se estiver a falar para profissionais da área de marketing, evite utilizar temos financeiros. Se, por outro lado, estiver a falar para empresários que trabalham no departamento financeiro, adapte de novo o discurso.

7 – Cartão de visita

Não tem um cartão de visita? Então como espera passar o seu contacto a outra pessoa? Ainda que possa dar-lhe o seu número de telefone oralmente, para que grave no telemóvel, isso irá dar uma imagem muito pouco profissional. Por isso mesmo, recomendamos que tenha sempre consigo um cartão de visitas e que o entregue depois da apresentação. Com os contactos no bolso, a pessoa poderá visualizar melhor as possibilidades de negócio e iniciar contacto assim que surgir a necessidade.


Escolha qual o assunto de interesse que pretende receber no seu email.




 

Partilhar este artigo

Comentários

  • Gerson Pereira
    Fevereiro 10, 2018

    Estou com dificuldade para contar a história para a criação do site da minha empresa.em que pode mim ajudar

    • André Ferreira
      André Ferreira
      Fevereiro 12, 2018

      Olá Gerson!

      Envie-nos um email com mais detalhes, busque no rodapé do blog.

      Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *