Home / Decoração de Espaços /

Saiba como economizar na decoração de casas pequenas

casas pequenas

Saiba como economizar na decoração de casas pequenas

É uma verdade indesmentível que as casas grandes nem sempre são as mais baratas. Para quem está agora a sair de casa dos pais e prestes a comprar ou alugar a sua primeira habitação, poderá ser difícil encontrar um espaço com boas dimensões. Não que tais espaços não existam: a questão é que na maior parte dos casos ultrapassam o orçamento disponível.

Por isso mesmo, ao encontrar o espaço perfeito e a um bom preço, não se deixe desanimar por ser pequeno de mais. Muitos decoradores têm provado que a dimensão do espaço, por vezes, é apenas uma ilusão. E, melhor do que isso, é que tal ilusão pode ser facilmente resolvida ao aplicar pequenos truques decorativos.

Neste post é sobre decoração de casas pequenas que vamos falar, mas enveredando para um lugar especial em cada lar: o quarto. Tratando-se esta da divisão da casa onde, supostamente, passamos mais tempo (já que é recomendado cada pessoa dormir pelo menos 8 horas por noite) acreditamos que deve também ser a divisão onde se deverá sentir mais confortável.

Como economizar espaço em casas pequenas?

No quarto a mobília que impera é a cama. É para ela que olhamos assim que passamos a porta. Assim, mesmo que não tenha uma cama muito grande, sugerimos que a coloque no centro do quarto. Dessa forma, fica com a área circundante livre para a decorar ao seu gosto. Tenha o cuidado de colocar a cama com a cabeceira encostada à parede.

Entretanto, num quarto pequeno e simples, é muito importante a decoração da parede. Qualquer elemento visual que coloque na parede vai impactar de imediato a sua decoração. Por essa razão, sugerimos que leia outros artigos que escrevemos no nosso blog relativamente à utilização de quadros decorativos. Num quarto, recomendamos que use no máximo dois ou três quadros para transparecer a ilusão de minimalismo, vazio e liberdade.

E nem todos os elementos decorativos necessitam obrigatoriamente de ser quadros. Porque não fazer você mesmo a arte da sua parede? Desenhos simples como a sua silhueta ou do seu animal de estimação? Ou talvez fotografias usando papel adesivo, como sugerimos neste post?

   

Regressemos novamente ao mobiliário. Além da cama, o que existe habitualmente num quarto? A peça de mobília mais óbvia que se segue é o guarda-roupa. E, como bem sabemos, esta é uma peça que ocupa bastante espaço. Portanto, o que propomos é que se desfaça do guarda-roupa. Sim, leu bem. Existem alternativas mais simples e menos espaçosas para guardar toda a sua roupa sem ocupar o espaço de um guarda-roupa: armários com gavetas, caixas debaixo da cama ou até mesmo um aro pendurado na parede para que possa aí colocar a sua roupa em cabides.

Peças como cachecóis, casacos e chapéus podem ainda ser penduradas em ganchos atrás da porta do quarto. Desta forma, tudo o que tinha dentro do guarda-roupa passa a estar cá fora, incorporando-se no quarto quase como um elemento decorativo e conferindo uma maior ilusão de espaço.

Se gosta de ter um espaço para se sentar e escrever no quarto, sugerimos que opte então por uma mesa desdobrável, robusta, que possa abrir sempre que necessário. Para acompanhar a mesa, escolha uma cadeira pequena que não provoque grande estorvo na divisão. Cuidado: Não caia no erro de comprar uma cadeira de escritório grande e acolchoada, excepto se o seu quarto for também seja o seu local de trabalho.

E, acima de tudo, mantenha a harmonia visual no seu quarto: certifique-se de que todo o mobiliário combina e é feito do mesmo material ou de material semelhante, para que dessa forma não provoque incongruências visuais.

Se deseja obter ainda mais informações e dicas sobre Decoração, não deixe de conferir o nosso E-Book Gratuito com 50 Dicas de Decoração para Casa e Escritórios Empresariais.

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *