Como criar logotipos para pequenas empresa

Como criar logotipos para pequenas empresa?

Se você está lendo este artigo, é porque provavelmente está planejando começar um negócio pequeno ou foi contratado para criar um logotipo, em ambos os casos, você precisa pensar de forma estratégica.

Você pode estar se perguntando:

  • “Qual a melhor representação desta empresa?”;
  • “Será que o briefing está correto?”;
  • “Como devo apresentar minha proposta?”.

Não importa o quanto você estuda, somente a prática leva a perfeição. Portanto, crie uma metodologia, para quem você não tenha problemas no desenvolvimento.

Quando se é um designer iniciante, milhares de dúvidas começam a inundar nossa mente.

No decorrer deste artigo irei falar um pouco da minha experiência, e como algumas situações me ajudaram a me desenvolver profissionalmente.

Neste artigo iremos juntos entender como transformar as ideias abstratas de nossos clientes, em algo real e profissional.

Ao final desta leitura, você saberá:

  • Quais perguntas fazer para elaborar um logo
  • Como apresentar um briefing
  • Qual a forma correta de apresentar sua proposta

Agora você pode ficar mais tranquilo(a), pois está no caminho correto.

Como representar a empresa do cliente?

Mesmo que você seja um(a) profissional excelente, o melhor trabalho pode não agradar o cliente.

Isso porque você deve fazer algo que atenda as expectativas do cliente. Isso significa que nem sempre, seus gostos serão levados em consideração.

Neste momento é importante compreender como o cliente enxerga a própria empresa e quais os planos para o futuro.

Esta conversa é necessária para o designer captar detalhes que talvez não fosse possível, no preenchimento do briefing.

É interessante pedir para o cliente algumas referências, assim terá mais chances de atender às suas expectativas.

O briefing!

Aqui não é sobre como seu cliente irá responder, mas sim como você pergunta. As perguntas corretas, irão facilitar o seu trabalho.

  1. Como você descreve a sua empresa e/ou produto?
  2. Como vê a empresa nos próximos anos?
  3. O que você espera representar no logotipo? (Isso irá ajudá-lo(a) a minimizar os erros)
  4. Quem são seus principais concorrentes? (Essas informações ajudarão a compreender o mercado)
  5. Qual o seu diferencial no mercado? (Pode utilizar isso no logo)
  6. Qual é a faixa etária do seu público? (Assim você saberá com quem deve se comunicar)

Claro que essas são perguntas básicas, que o designer faz durante uma conversa informal. A parte técnica fica a cargo do profissional. Para construir um briefing detalhado, é possível consultar aqui.

Evite enviar um formulário por email, o cliente pode preencher errado, o que vai dificultar seu trabalho e pode demonstrar uma falta de cuidado com o projeto.

Muito rabisco e pesquisa

No primeiro momento é fundamental que você pesquise logos do mesmo segmento, nacionais e internacionais.

Utilize o Pinterest, Google Imagens, Behance para evitar criar um logotipo já existente.

Aqui entendemos que o cliente já possua o nome da empresa, caso contrário, é recomendável pesquisar no INPI, se a marca desejada já existe.

O momento dos rascunhos é quando você utilizará diversas referências. No primeiro momento, exercite sua criatividade, quanto mais você sair do lugar comum, menores as chances de criar um plágio.

Observe a Concorrência

Durante a pesquisa o designer irá coletar dados dos concorrentes diretos e indiretos do cliente.

Existe algum padrão na concorrência? Os logos possuem referência de animais(como ocorre com times de futebol) ou são mais formais(como os consultórios de advocacia), todas essas informações irão contribuir para a criação da nova marca.

Observar a concorrência permite identificar coisas como:

  1. Logos muito parecidos, então criar algo diferente pode ajudar seu cliente a se destacar;
  2. As cores que são utilizadas com mais frequência. Conforme a região ou país, as cores têm significados diferentes. Tome cuidado!;
  3. Como os clientes percebem a marca. Ter um nome muito complicado, pode dificultar o sucesso da marca. Lembra da Head & Shoulders? Teve que utilizar o humor para ensinar o público;
  4. O principal são as falhas. Uma marca nova precisa seguir as tendências, o que nem sempre é uma regra para uma marca consolidada;
  5. As marcas possuem muitos elementos? Logotipos muito complexos acabam tendo mais dificuldade para fixar na mente do consumidor.

Menos é mais

Busque captar a essência do que o cliente deseja representar. Tentar enfeitar demais, pode dificultar a aplicação do logo em impressos ou em preto e branco.

Os logotipos das maiores empresas do mundo, são simples: Coca-cola, Apple, Uber, Google, Tesla, Nasa, entre outras.

Evite logos muito coloridos, já reparou que Google, Ebay, Microsoft e Playstation, utilizam 4 cores?

E são 4 cores semelhantes: amarelo, azul, verde, vermelho, com exceção do playstation, que ao invés do verde, utiliza o violeta.

Mas será que os clientes lembram quais são as cores destes logos? Aposto que Coca-cola, IBM ou até mesmo o da Vivo, são mais fáceis de lembrar.

Apresentando suas propostas

Sempre tem aquele logo que o(a) designer gostou mais, porém na maioria das vezes o cliente irá reprová-lo(sic).

Neste caso temos a técnica mais conhecido como “boi de piranha”. A expressão faz referência quando os camponeses precisavam atravessar riachos, então para não perderem o rebanho, pegavam o gado em piores condições, e o colocavam na frente, para ser devorado pelas piranhas.

Assim o restante do rebanho poderia passar sem ser prejudicado.

Na vida do designer não é diferente. Sempre apresente primeiro, o logo que você acha o pior. Porém cuidado, há grandes chances do cliente aprová-lo.

Você também deve mostrar as suas referências, porque utilizou tais elementos, tudo isso contribui para o melhor entendimento do cliente.

Mostre exemplos do logo aplicado em diferentes materiais ou situações. Nem todos têm a capacidade de imaginar, então quanto mais próximo da realidade melhor.

Evite mostrar rascunhos, a maioria dos clientes irão entender como a versão final. E isso pode passar uma impressão de amador.

Lembre-se, estes detalhes técnicos são mais interessantes para profissionais da área, para os clientes finais, não faz muita diferença.

Tem alguma dúvida sobre criação de logotipos? Deixe suas dúvidas nos comentários que iremos ajudá-lo(a).

aplicativo para criar logotipo, app para criar logotipo, como criar logotipo, como criar logotipo gratis, como criar um logotipo, como criar um logotipo gratis, como criar uma logotipo, criar logotipo, criar logotipo de empresa, criar logotipo grátis, criar logotipo online, criar um logotipo, logotipo criar, logotipo grátis criar, logotipo gratis online criar, programa para criar logotipo, programa para criar logotipo online gratis, site para criar logotipo


William Mendes

William Mendes

Graduado em Marketing, adora escrever sobre marketing e comportamento humano. Amante de tecnologia, tenho me aventurado na área de "Jornalismo de Dados".