Home / Decoração de Interiores /

Descubra o que é Design de Interiores e para que serve

design de interiores

Descubra o que é Design de Interiores e para que serve

Uma vez que se trata de um conceito recente, o design de interiores ainda continua a provocar uma certa estranheza entre a audiência pouco familiarizada com o termo. No entanto, esta técnica cenográfica e visual começa-se a expressar cada vez mais por todo o mundo. Mais e mais profissionais têm-se juntado a esta área para serem procurados por grandes marcas, principalmente por cadeias de hotéis e empresas multinacionais.

Mas afinal, o que é o design de interiores?

O design de interiores é uma área que diz respeito à composição e decoração de ambientes internos (quartos, escritórios, edifícios inteiros). Enquanto o trabalho do arquiteto diz respeito ao desenho do edifício, o trabalho do designer de interiores é já referente à forma como o espaço será ocupado com elementos decorativos.

O designer de interiores organiza os espaços, escolhendo e combinando os diversos elementos que fazem parte do mesmo. As suas decisões têm sempre em consideração padrões estéticos e funcionais, em relação ao que se pretende produzir, de forma a harmonizar um determinado espaço com os móveis, objetos e acessórios certos.

Todas as decisões que dizem respeito à decoração estão a cargo do designer de interiores: desde cortinas a tapetes, a sofás e camas, e até mesmo a quadros e objetos decorativos em exposição. Cores, materiais, acabamentos e iluminação: o designer de interiores será capaz de considerar tudo de forma a elaborar um projeto que melhor se adeque às necessidades do espaço tal como ao gosto e disponibilidade financeira do cliente.

Não é de admirar que o setor do design de interiores seja um dos que mais se desenvolveu nos últimos tempos. As perspetivas atuais para o seu crescimento nos próximos anos são também muito otimistas.

Toda esta evolução positiva, claro está, deve-se a alguns fatores importantes que devemos considerar: o aumento de poder económico por parte da classe média, o aumento da preocupação com a decoração da casa e o custo-benefício associado a este tipo de serviço. Muitas pessoas perceberam que contratar um profissional para desenvolver o projeto e acompanhar a decoração acaba por sair mais barato e por lhes provocar uma menor dor de cabeça.

Em Portugal e no Brasil, o Design de Interiores passou a ser essencialmente reconhecido como um setor profissional durante a década de 1990. Foi por esta altura, tanto num país como noutro, que começaram a aparecer os primeiros cursos de ensino superior voltados para esta área e a empregar o termo “Design de Interiores” para se referirem ao programa curricular do curso.

Procura dicas de decoração para casa ou para um escritório? Leia então o e-book gratuito 50 dicas de decoração para casas e escritórios empresariais!

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *