Home / Empreendedorismo /

10 erros de empreendedorismo que deve evitar cometer

erros de empreendedorismo

10 erros de empreendedorismo que deve evitar cometer

Desde que a crise económica abalou o mercado e muitos dos negócios aí estabelecidos sentiram as repercurssões de tal abalo, que se começou a ouvir falar de um termo que desde então tem ganho popularidade: empreendedorismo.

Se procurássemos uma definição mais técnica para este termo, poderíamos dizer que empreender é criar opções de melhor desempenho, tendo como propósito ganhar lucro e transformar rotinas de trabalho de forma a gerar mais produtividade e ter ideias inovadoras.

No entanto, no longo caminho para o sucesso, é por vezes fácil cometer certos erros que nos podem despistar e conduzir ao falhanço. Por essa razão, decidi hoje trazer-lhe este artigo para listar alguns dos erros que podem afetar o empreendedor. A lista é baseada não só na minha experência como profissional, mas também em alguns casos do meu conhecimento.

10 erros de empreendedorismo que deve evitar cometer

1 – Má organização

Se não delinear todo o seu negócio e as etapas que precisa de percorrer para chegar ao objetivo, pode estar a condenar o seu projeto logo na ignição. Bem sei que, numa altura em que nos surgem boas ideias, temos logo o desejo de pôr mãos à obra. Ainda assim, controle esse instinto.

Mais do que ser boa, uma ideia deve ser viável. E como saber se uma ideia é viável? Basta fazer um exercício e responder a algumas perguntas. Quais serão os seus clientes? Em que mercado se irá inserir? Qual a sua vantagem competitiva? Que tipo de relação tenciona desenvolver com o cliente? Qual é o segmento de mercado? Como vai divulgar todo o projeto? E o financiamento de onde vem? Ao responder e anotar tudo isto num papel, vai começar a ter uma estrutura daquilo que o seu negócio pode ser e como pode dar forma a tudo.

2 – Não pense logo no lucro

O dinheiro é, inegavelmente, uma das partes mais importantes de qualquer projeto. Todavia, antes de começar a pensar no lucro que o seu negócio lhe pode trazer, é importante que esteja bem consciente de tudo o resto. Para iniciar um projeto precisa de pensar numa motivação mais sólida, já que em certos casos o ROI pode não ser imediato. Em tais casos, poderá cometer o erro de deixar de acreditar que o negócio resulte, perdendo toda a motivação que o movia inicialmente.

3 – Não considerar o ambiente externo

Nunca estamos sozinhos no mundo… nem no mercado. Antes de se lançar ao mundo do trabalho, considere a concorrência direta ao seu projeto. É verdade, sim, que a sua ideia pode ser muito boa… mas existe uma boa hipótese de que alguém já tenha pensado no mesmo. Por essa mesma razão, é importante que logo no início esteja atento aos seus concorrentes e à forma como atuam no mercado.

4 – Não testar o mercado

Como deve saber, antes de se lançar um produto ou projeto no mercado há quem o teste. De pouco lhe valerá se testar o seu produto apenas entre aqueles que o trabalham. Não, para testar o produto precisa de ir diretamente ter com o público alvo. Tente reunir algumas pessoas que se encaixem no seu público alvo e analise as suas reações. Veja como respondem a diferentes produtos, de que pontos mais gostaram e o que acharam que poderia ser melhorado.

   

5 – Saltar etapas

Não comece a construir uma casa a partir do telhado. Antes de mais, é importante que considere o seu projeto como um todo e que o considere o plano que delineou para alcançar os objetivos. Se estabeleceu etapas, percorra-as calmamente, uma a uma. Caso contrário, estará a pôr a carroça em frente aos bóis e o seu projeto pode desmoronar-se.

6 –Ser egoísta

Tenha sempre uma noção dos seus limites e não deixe que o seu projeto se torne megalómano. Mesmo que o seu projeto não seja gigante é sempre necessária a ajuda de outras pessoas. Em algum momento você irá delegar a função para alguém, mantenha a mente aberta, não adianta pensar em querer fazer tudo sozinho para não dividir os créditos com outras pessoas. Não delegar funções é o primeiro passo para o fracasso.

7 – Não prestar atenção a regulamentos

Esteja sempre atento a leis e regulamentos que governem as práticas comerciais. O não cumprimento de certas regras pode resultar não apenas no falhanço do seu negócio, mas na aplicação de coimas elevadas.

8 – Não ter um planeamento financeiro

Nem sempre o retorno financeiro será imediato, por isso é preciso criar um bom planejamento financeiro, saber no que será preciso investir e ter um “fundo reserva” para que você consiga manter seu projeto até que os lucros comecem a surgir.

9 – Não aceitar oportunidades

Esteja sempre atento a novas oportunidades e à mutabilidade do mercado! Durante o processo de criar e manter um negócio muita coisa pode acontecer,  tanto na ideia base do projeto quanto em qualquer outra parte da estrutura dele. O público alvo pode ter que ser alterado, a ideia em si pode ter que sofrer alterações e se não mantiver a mente aberta para estas mudanças estará apenas a isolar-se da evolução.

10 – Não ouvir os outros

Nem sempre tudo lhe correrá bem. Irá sempre cometer certas falhas… provavelmente algumas das que estão listadas acima. Todavia, pelo caminho terá sempre a companhia da sua família, amigos e colegas de trabalho e é para eles, e para os conselhos que têm para lhe dar, que se deve voltar para encontrar a orientação certa.

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *