Home / Anúncios Criativos /

5 motivos para utilizar a fotografia nos seus projetos de design

5 motivos para utilizar a fotografia nos seus projetos de design

 

A utilização de fotografia por vezes faz algum sentido. Há momentos no nosso projeto de design que temos de optar por fotografia ou ilustração e nem sempre essa escolha é clara. Ambas têm as suas vantagens e desvantagens na sua forma criativa, custos, tempo e recursos necessários para o desenvolvimento, e também comunicam de modo muito diferente, seja abstracta e conceptual, ou realista e literal.

Para o ajudar a tomar a decisão certa, leia este artigo e fique a conhecer cinco motivos para escolher a fotografia invés da ilustração para o seu próximo projeto de design.

 

Momentos em que a fotografia é uma excelente opção ao invés da ilustração

 

1. Procurando o realismo

Considere o objetivo final do seu projeto e de como necessita de retratar o assunto central. Se é realismo e precisão, então a fotografia geralmente é a melhor opção.

Em trabalhos editoriais, o foto jornalismo de investigação e reportagem de notícias é um exemplo óbvio em que a autenticidade é essencial. Mas também é importante para a imagem de marca estar  relacionada com o seu produto, por exemplo, no sector alimentar onde tem como objetivo mostrar produtos que estimula o apetite, ou uma marca desportiva que procura imagens motivadoras.

Se procura estimular a imaginação do subconsciente do público alvo, visualize algo abstracto e intangível, ou mostre-lhes uma versão estilizada e interpretativa da realidade, provavelmente nesse caso quer uma ilustração. Dito isto, um ensaio fotográfico nervoso e experimental também pode fazer maravilhas para esses propósitos, tudo vai depender do seu estilo pessoal.

 

2. Mostrar algo específico

Utilizar a fotografia é a melhor solução se precisa retratar fielmente alguém ou algo como parte do seu projeto, como um assunto de entrevista, um produto ou um local. Com certeza, o orçamento disponível é a chave para podermos optar por um ensaio de fotografia, recorrer a bancos de imagem ou sermos nós a captar a fotografia.

A fotografia exclusiva de uma celebridade como parte de uma entrevista editorial, vai agregar uma quantidade significativa de valor, mas se a celebridade for apresentada com uma nota, uma óptima fotografia seria um uso muito mais apropriado do investimento.

Se essa mesma celebridade estiver apresentando um produto ou serviço como parte de uma campanha publicitária, um lançamento personalizado torna-se inestimável para o cliente, pois enfatiza uma relação muito mais efetiva.

Para o produto em si, seja ele mostrado em loja, folheto ou catálogo on-line, é provável que o público alvo deseje uma representação exacta do que estão comprando e não uma ilustração estilizada. No entanto, estes podem ser utilizados para complementar a fotografia do produto, para demonstrar como funciona, por exemplo.

A localização da imagem depende em grande parte do contexto. Um folheto de viagem vende um destino específico de forma mais efetiva com uma fotografia, mas uma vez mais o orçamento disponível pode ditar se vai utilizar uma imagem de um banco ou uma fotografia feita sob medida.

 

3. Procurar um fator WOW!

Se o contexto for apropriado, a utilização de uma fotografia assassina de “herói” pode ter um enorme impacto visual.

A fotografia pode atrair para uma cena que evoque uma poderosa resposta emocional, pois está muito mais perto de uma experiência sensorial do que uma ilustração. Como designer, isso pode significar que o conteúdo tem de estar todo em sintonia para que a imagem do “herói” não lute pela atenção. Uma imagem de fundo mais subtil pode ser a melhor escolha se o elemento de primeiro plano necessitar de tomar o centro do cenário.

   

Verifique se há uma conexão significativa com o conteúdo em questão. Isso pode ser literal, ou mais abstracto, se uma campanha for projetada para evocar uma emoção particular por exemplo, felicidade ou ambição.

Ao trabalhar com fotografia de deslumbrantes, seja flexível e deixe as imagens ditarem o caminho do projeto quando apropriado, em vez de desperdiçar o seu potencial.

 

 

4. Metáfora Visual

Quer se trate de um site, de uma brochura ou de uma campanha publicitária, às vezes uma metáfora visual é a melhor maneira de abordar o seu ponto de vista, e é aqui que uma fotografia de qualidade pode realmente mostrar o seu potencial.

Um exemplo clássico é usar a fotografia de uma estrada para simbolizar uma viagem. Uma rota direta e clara tem o impacto visual oposto, significa um trajeto íngreme, sinuoso ou cheio de obstáculos. Outro exemplo, é uma captação do horizonte para simbolizar o futuro: compare o efeito de uma visão de tirar o fôlego do nascer do sol, a de um céu perturbado e tempestuoso. Um projeto de relatório anual pode incluir sprinters em uma pista de corrida para simbolizar que uma determinada empresa se esforça para terminar em primeiro, ou um montanhista de montanhas para expressar progresso e conquista.

Tenha cuidado aqui, pois as metáforas visuais, enquanto poderosas nas mãos certas, podem rapidamente tornar-se clichê se não tiver cuidado. A qualidade da imagem, bem como o design e copywriting, podem fazer a diferença entre inspiradores e insípidos. Faça um esforço para pensar de forma criativa.

 

 

5. Possibilidade de realizar uma excelente produção

Subcontratar um fotógrafo pode ser um investimento não muito barato, e pode haver outros custos envolvidos que um ilustrador freelancer a realizar o seu trabalho no seu Mac, muito pouco provavelmente irá proporcionar. Assim como o tempo do fotógrafo, dependendo da natureza do seu portfólio, este podem incluir o aluguer do estúdio, design, custos de viagem, taxas de localização, modelos e pessoas potencialmente adicionais, como assistentes, estilistas, maquilhagem e assim por adiante.

Mas sendo a ferramenta certa para o seu projeto, deve ser direto em atender as suas necessidades. Um ensaio de fotografia pode ser um ótimo investimento. Apenas certifique-se de fazê-lo pelos motivos certos, como os listados acima.

 

Se o seu orçamento é limitado e faz questão de utilizar fotografia, o último recurso é procurar em bancos, consulte a nossa página Bancos de Imagens.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

 

+ de 30.000 Subscritores

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão o nosso conteúdo.


O seu nome*

O seu e-mail

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *