Home / Empreendedorismo /

10 passos para passar uma ideia do papel para a realidade

ideia

10 passos para passar uma ideia do papel para a realidade

Algumas das coisas mais importantes na vida não vêm acompanhas de manuais de instruções: casas, parceiros para a vida, crianças e start-ups são alguns bons exemplos daquilo a que me refiro. Quantas vezes gostaria de ter consultado um manual de instruções para melhor se orientar?

Para quem tem um bloco de notas cheio de ideias mirabolantes, desenhos que perspetivam planos de negócios e esquemas que almejam o sucesso profissional, talvez esteja na altura de dar o passo em frente: dar forma à ideia que tem no papel. Não existem manuais de instruções que possam explicar, passo a passo, o que deve fazer. No entanto, apresento algumas dicas que me ajudaram a orientar e que espero que o ajudem a si.

Assim sendo, convido-o então para conhecer 10 passos para passar uma ideia do papel para a realidade.

10 passos para passar uma ideia do papel para a realidade

1 – A ideia

Escolha uma ideia que se ajuste às suas paixões, objetivos, pontos fortes, recursos e tolerância ao risco. Mas tenha em mente que sua ideia inicial é apenas uma hipótese. Não se apaixone pela ideia à primeira vista.

2 – Pense em todos os ângulos

Avalie a oportunidade como um investidor – de forma objetiva, completa e analítica. Quem são os clientes e do que precisam? Quão grande é a oportunidade? É o momento certo para o investimento? O que será necessário para lhe dar forma? A recompensa vale o risco? Qual é o modelo de negócio? Um plano de negócios áspero é uma ótima maneira de garantir que tem asseguradas todas as suas bases.

3 – Procure feedback

Encontre pessoas que conheçam o mercado, o modelo de negócios, os concorrentes e predecessores – pessoas que estiveram lá, fizeram isso e podem ajudá-lo a entender o que funciona e o que não acontece no mundo real. Além disso, fale com os clientes – pessoas que façam parte do seu público-alvo – e descubra o que pensam sobre a sua ideia. Aprenderá muito mais quando o seu produto chegar ao mercado, sim, mas até lá deve continuar a procurar e a investigar em qualquer espaço que conseguir.

4 – Responda aos comentários

De nada lhe serve ouvir se não fizer alterações. Faça as alterações necessárias ao seu plano de negócios, produto e estratégia de mercado. Execute alguns números para ter uma ideia de quanto capital irá precisar para atingir os principais marcos. Desenvolva um plano de implementação com os seus objetivos mais importantes nos próximos meses e determine as pessoas de que realmente necessitará para dar forma ao seu projeto.

   

5 – Construa um produto básico

Quando você imagina o produto ou serviço que deseja oferecer, provavelmente possui um design liso e um conjunto completo de recursos. Mas tente pensar fora de caixa. Experimente desconstruir o conceito até à sua estrutura base de forma a perceber aquilo que é realmente imprescindível para responder às necessidades dos seus principais clientes. A partir daí, comece então a construir o produto novamente, acrescentando as suas ideias.

6 – Abra a loja

É tentador esperar até que o produto esteja “perfeito” para começar a vendê-lo. Em vez disso, recorde que “o tempo é o inimigo da perfeição”. Até que o produto chegar ao mercado, estará a voar às cegas, investindo tempo e dinheiro com uma capacidade limitada de descobrir como os clientes reagem. Faça um produto central e entre no mercado rapidamente.

7 – Teste o que criou

Com produtos no mercado, pode descobrir como combinar as suas ofertas com as necessidades do cliente. Para fazer isso, teste elementos como preços, branding, recursos e experiências do cliente. Em seguida, encontre uma maneira económica e repetível de atrair clientes, experimentando mensagens de marketing, promoções, lançamentos de vendas e canais de distribuição.

8 – Faça ajustes

Depois de descobrir que aspectos do seu produto e marketing errou, deve corrigi-los,como é óbvio. Claro está que, por esta altura, é esperado que tenha acertado alguns pontos da sua estratégia que possa deixar completamente intactos. No entanto, nesta fase terá de fazer muitos testes e experiências e, consequentemente, ajustes.

9 – Prepare-se para crescer

Reveja o seu plano de negócios e atualize as  suas estratégias de produto, equipa, marketing, implementação e finanças. Reuna os recursos necessários para expandir. Se a sua ideia é conseguir investimento, este é um bom momento para considerar investidores. O seu discurso para os investidores agora pode ser algo como: “Descobrimos como obter novos clientes por determinado valor e como fazer 3€ de cada um deles. Com tal e tal quantidade de dinheiro, podemos crescer rapidamente”.

10 – Continue a crescer

Com um plano e recursos testados no mercado, está na hora de se expandir. Certifique-se de que a sua equipa conhece e acreditana direção que pretende seguir. Verifique se todos entendem o que é esperado deles e têm aquilo que precisam para levar a cabo o crescimento almejado.


Escolha qual o assunto de interesse que pretende receber no seu email.




 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *