Home / Empreendedorismo /

10 mitos do mundo dos negócios que não são verdade

Revolution Slider Error: Slider with alias mm not found.

Maybe you mean: 'pm'

10 mitos do mundo dos negócios que não são verdade

Há certos momentos em que todos os empresários precisam de ser honestos sobre os seus pontos fortes e fracos, pondo de lado todas as noções erradas e mitos que fazem parte do mercado. No final do dia, qualquer empresário, mesmo que tenha entre mãos as melhores oportunidades de negócios, irá falhar redondamente caso esteja a ser orientada por verdades que, afinal, são mentiras. Algumas dessas “verdades” são, em muitos casos, bastante óbvias, ainda assim há quem cometa certos erros por estar simplesmente desatento.

Só para ter uma noção, as estatísticas mostram que pelo menos 50% das novas startups falham em menos de cinco anos que, muitos das sobrevivem, eventualmente falham. Se não quer fazer parte dessas estatísticas, mantenha-se então ligado ao que realmente se passa.

Ao longo dos próximos parágrafos, vou desmistificar alguns factos que se encontram camuflados em rumores, mentiras e falsas noções do mercado. Está preparado para isso? Vamos lá então.

As verdades sobre 10 mitos do mundo dos negócios

1 – “Estou farto de trabalhar e de estar sempre stressado”

Fazer crescer um negócio dá mais trabalho e stress do que qualquer tarefa que um colaborador de uma empresa possa ter. Por essa razão, é importante que analise melhor os motivos do seu cansaço e o stress no trabalho. Saúde e problemas pessoais não desaparecem do nada, muito menos quando está a começar a construir um negócio.

2 – “O meu trabalho é o meu hobby”

O problema desta crença é que a maioria dos hobbies custam dinheiro em vez de gerarem dinheiro. Só porque gosta de fazer determinada coisa, isso não significa que alguém vá adorar pagar por isso.

3 – “Estou desesperado, já que não consigo encontrar um emprego que me convenha.”

O período de crise económica não é novidade para ninguém, e os problemas sociais que esta situação provoca também não: o mercado de trabalho não está fácil e é difícil encontrar emprego para todos os profissionais. No entanto, não se esqueça de que as empresas estão também a falir mais facilmente e lançar-se na criação de um negócio porque não consegue encontrar espaço no mercado é um grande risco. As pessoas desesperadas não fazem bons empresários, e provavelmente não têm os recursos ou a força para iniciar um negócio.

4 – “A minha família sempre esteve no negócio, portanto está nos meus genes”

Os bons empresários parecem ter certas qualidades inatas, mas não é claro que tais qualidades sejam automaticamente transmitidas aos seus familiares. Se as suas paixões estão noutro lugar, não tente forçar-se a si mesmo no negócio de família.

5 – “Herdei algum dinheiro e começar um negócio deve ser um bom investimento”

Não pode começar um negócio sem capital, mas ter capital não significa que deve começar um. Lançar-se no mercado é algo caro e arriscado. Por outro lado, é menos arriscado investir em alguém que conta já com um registo de negócios de sucesso.

6 – “Tenho algum tempo extra, e preciso de uma segunda renda”

Chefiar uma empresa não é um emprego a tempo parcial. Na maior parte dos casos, o arranque de um negócio é uma segunda despesa mais do que uma segunda renda. Se procura um rendimento suplementar, seria melhor fazer um trabalho a tempo parcial ou como freelancer para uma empresa que já existe.

7 – “Odeio ter um chefe”

Não comece um negócio simplesmente porque ser “livre” de autoridade. Quando se torna num empresário, os seus clientes, fornecedores, credores, parceiros e muitas outras pessoas tornam-se nos seus novos “chefes”. Essas pessoas podem ser mais difíceis de agradar do que o chefe que tem hoje.

   

8 – “Todos os meus amigos têm negócios de sucesso.”

Não deve acreditar em todo o hype, ou todas as coisas ditas nos círculos sociais. Definitivamente, não salte para empresas que estão na “moda” e que você conhece apenas por serem populares. Mesmo os bons amigos tendem a esquecer-se de falar sobre os anos de trabalho duro e sacrifício, em favor do sucesso recente.

9 – “Gostaria de ser rico, portanto vou começar um negócio.”

Começar um negócio tendo logo à partida sonhos de riquezas vai resultar apenas numa coisa: desapontamento. Não há evidências de que os empresários ganham mais dinheiro, em média, do que outros profissionais. Há muitas evidências de que os riscos de falhar são maiores do lado do proprietário da empresa.

10 – “O meu principal objetivo é contribuir com algo para a sociedade”

Este é um desejo louvável, mas só deve ser mais efetivamente abordado depois de ter construído uma empresa de sucesso, e não antes. Se mudar o mundo é a sua principal motivação e o dinheiro não é uma preocupação, então faça-o sem permitir que a construção de uma empresa o desacelere.

mundo de negócios

 

Confira também estes posts relacionados em:

Será que o seu negócio precisa realmente de um website?

Conheça agora 15 blogs para aprender a investir melhor

10 dicas para fazer uma melhor gestão da sua empresa

+ de 30.000 Subscritores

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão o nosso conteúdo.


O seu nome*

O seu e-mail

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *