Home / Comunicação Visual /

Noto: a Google tem uma fonte universal e gratuita para 93 idiomas

noto

Noto: a Google tem uma fonte universal e gratuita para 93 idiomas

Nem sempre temos consciência de que uma fonte nem sempre é apenas uma fonte. Muitos de nós, especialmente estando ligados a áreas da comunicação tão distintas como as artes gráficas e design de comunicação, estamos habituados a trabalhar com fontes tipográficas para as usarmos para as mais variadas necessidades do dia-a-dia.

Por essa mesma razão, sabemos que existem certas peculiaridades associadas às fontes. Quando as fontes, por exemplo, são traduzidas para diferentes idiomas, os caracteres em falta são muitas vezes transformados em caixas vazias, sendo o resultado um texto que não é exatamente perdido na tradução, mas perdido dentro das limitações do tipo de letra. Vejamos o exemplo abaixo.

 

Comunica□□o Visual

 

Quando o texto é processado por um computador, às vezes os caracteres são exibidos como “tofu”. O tofu são são aquelas pequenas caixas que se encontram acima, que servem para indicar que seu dispositivo não possui uma fonte para exibir o texto.

Uma vez que isto condiciona a comunicação na Internet, o Google desenvolveu uma família de fontes a que chamou Noto, que tem como objectivo apoiar todas os idiomas com um aspecto e uma sensação harmoniosas.

   

A Noto é a resposta do Google ao tofu. O próprio nome Noto não foi escolhido por mero a casa: o termo tem como objectivo transmitir a ideia de “no more tofu”, ou seja, “chega de tofu”. O resultado foi então a Noto, uma fonte que pode ser descarregada aqui e que tem vários estilos e pesos, e está disponível gratuitamente para qualquer pessoa.

A Noto não é a única no combate ao tofu

Por outro lado, esta incongruência das fontes levou a Monotype, uma distinguida empresa de fontes sediada em Massachusetts, a lançar também um tipo de letra que pode ser traduzida para 93 idiomas diferentes sem produzir qualquer tipo de erro.

A Monotype diz que a fonte limpa, altamente legível e uma das fontes de texto mais acessíveis disponíveis  em todo o mercado, dada a dessa compatibilidade multi-idioma. A fonte sans serif é projetada para ser fácil de ler em qualquer órgão de comunicação social, em ecrãs de smartphones, outdoors ou qualquer outra publicação.

“As marcas globais lutam há muito tempo para encontrar uma identidade de marca que possa ajudá-los a ter um tom de voz harmonioso e apropriado em vários idiomas e geografias”, disse o diretor de modelos Akira Kobayashi, da Monotype, num comunicado de imprensa.

“O tipo de letra SST é consistentemente rico e legível e foi projetado com o objetivo de tornar a experiência da marca memorável e uniforme, sem ser muito chamativo. Como parte do nosso projeto de design no Monotype, estamos focados na criação de projetos globais que possuam poder de permanência e capacidade de contar uma história consistente, independentemente da linguagem que esteja a ser usada para transmitir tal mensagem “.

A família de fontes SST foi projetada pela Akoto Kobayashi da Monotype, em parceria com a Sony Corporation. O resultado, segundo a Monotype, é uma fonte que oferece uma aparência uniforme para marcas mundiais em publicações online e impressas.

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *