Home / Pensar Fora da Caixa /

Liderança emocional: uma nova perspetiva para gerir o seu negócio

liderança emocional

Liderança emocional: uma nova perspetiva para gerir o seu negócio

Nem tudo sobre liderança é racional, por muito que acredite nesta suma. Basta fazer um pequeno exercício para perceber que estou certo. Não acredita? Então vamos lá.

Desafio-o a fazer uma lista dos 5 líderes que mais admira. Não importa os nomes que apontar: podem ser homens de negócios, nomes influentes nas redes sociais, figuras proeminentes do mundo da política, da tecnologia, das ciências, de qualquer outra área.

Agora faço uma outra pergunta: olhando para todos esses nomes, por que razão os escolheu? A hipótese de que tenha feito a sua escolha porque admira tais pessoas pelas suas realizações é bastante alta. Mas aposto ainda que cada uma das suas escolhas tem uma carga emocional magnânime.

Esta capacidade de alcançar as pessoas de uma forma que transcende o intelectual e o racional é a marca de um grande líder. Todos têm isso. Eles inspiram-nos: é tão simples quanto isso. E quando estamos inspirados, damos o nosso melhor.

Então, surge uma pergunta: será que esta habilidade para inspirar as pessoas pode ser aprendida? A resposta é dúbia. Muitas pessoas não nasceram com o carisma suficiente para ser líderes. Para vos ser sincero, hoje convenço-me cada vez mais disto.

Mas para aqueles que não são líderes natos (por norma, a grande maioria), existem certas habilidades que podem ser adquiridas e devidamente aperfeiçoadas. Em tais situações, as suas hipóteses de envolver o seu talento na ação são ainda maiores.

Está tudo relacionado com o termo inteligência emocional: uma forma de liderança que nos faz ver para além do raciocínio. Ao longo dos próximos parágrafos, falo-vos um pouco dos pilares que sustentam a liderança emocional.

Liderança emocional: ser líder dominando a emoção

1 – Inteligencia emocional

Os grandes líderes entendem a empatia e têm a capacidade de ler as necessidades e desejos das pessoas (às vezes inconscientes, muitas vezes não declaradas). Isso permite-lhes falar com tais necessidades e, sempre que possível, cumpri-las. Quando as pessoas sentem que são entendidas e que existe empatia com o seu líder, elas respondem. Uma ligação como nenhuma outra é assim formada.

   

2 – Aprendizagem contínua

Curiosidade e um desejo insaciável de sempre fazer melhor é a marca de um grande líder. Os grandes líderes raramente estão satisfeitos com o status quo e recebem novos conhecimentos e conhecimentos frescos (mesmo que desafiadores). É tudo sobre investir em si mesmo.

3 – Contextualizaçã0

Grandes líderes respondem a cada desafio de forma diferente. Eles sabem que o que funcionou numa situação pode ser inútil noutra. Antes de agir, certifique-se de compreender as especificidades da situação e adaptar as suas ações em concordância.

3 – Nem tudo é sobre controlo

Muitas pessoas pensam que liderança é sinónimo de controlo. Na verdade, grandes líderes inspiram e depois desviam-se. Eles sabem que as pessoas talentosas não precisam nem querem pessoas a geri-las. A liderança é assim sobre influência, orientação e suporte, e não controlo. Procure maneiras de fazer o seu trabalho e depois fique fora do caminho para que as pessoas possam fazer o delas.

 

4 – Bondade e respeito

Ignorância e arrogância são assassinos de liderança e  uma marca de insegurança. Tratar todos com um nível básico de respeito é um traço absoluto de liderança. E a gentileza é o presente que você, enquanto líder, continua a devolver. Claro, haverá sempre pessoas a provar não merecer respeito e que devem ser tratadas em concordância com o seu comportamento. Mas esse trabalho será muito mais fácil e terá muito menos impacto na sua organização, se tiver uma reputação de bondade, honestidade e respeito.

5 – Colaboração

Os empregos e carreiras das pessoas são parte integrante das suas vidas. Quanto mais fizer pela sua organização, mais facilmente fará da sua equipa mais do que subordinados: parceiros. Isso significa, na medida do possível, comunicar as estratégias, objetivos e desafios da sua organização. Por outro lado, faz com que a sua marca se torne numa marca de respeito. As pessoas não serão apanhadas de surpresa com contratempos se estiverem por dentro de tudo o que se passa.


Escolha qual o assunto de interesse que pretende receber no seu email.




 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *