Home / Casa e Decoração /

A Arte de Decorar: Reflexão sobre um hábito humano

arte de decorar

A Arte de Decorar: Reflexão sobre um hábito humano

Quem disse que decorar uma casa não é uma forma de arte? Se já mudou de casa ou está neste momento numa fase de mudança, provavelmente já se apercebeu que a decoração é uma tarefa mais complicada do que parece. Não basta pendurar cortinas e colocar uns móveis quaisquer para ficarmos com uma casa decorada. Ou, pelo menos, bem decorada.

Ainda que questões de orçamentos e preços sejam sempre fatores decisivos na decoração de uma casa, o mercado da decoração permite hoje que qualquer pessoa decore a casa a seu gosto se procurar nos sítios certos e souber como fazer as coisas. Basta empenhar-se e levar esta tarefa a sério para sentir bons resultados.

Sem rodeio nenhum, podemos dizer que decorar uma casa se tornou hoje uma espécie de arte. E não estamos a dizer isto ao calhas: basta olharmos à nossa volta para percebermos que o mercado do design de interiores se começa a evidenciar cada vez mais. O facto de ouvirmos falar cada vez mais de designers de interiores prova que existe uma certa ciência na forma como se decora uma casa.

Por essa mesma razão, decidimos dedicar este post à arte decorativa em geral, procurando apresentar alguns argumentos que a validem como arte e que o deixem convencido de que, quando decorar a sua casa, existem uma série de fatores a ter em consideração que vão além do preço dos produtos ou do seu gosto pessoal.

A arte de decorar: um hábito que faz parte de nós

Aposto que quer ter um espaço em que se sinta bem e aconchegado. Um espaço a que possa chamar de casa e que o acolha ao fim de um dia de trabalho. Um espaço onde possa receber a sua família e amigos para serões e festas. Um espaço de que tenha orgulho.

Pois muito bem, cada uma destas metas pode ser atingida. Tudo dependerá de si. Mesmo que me diga que tem muito cuidado ao decorar uma casa, que sabe procurar os melhores artigos em promoção e que cores como vermelho e lilás não combinam, há muito mais a ter em atenção antes de decorar a sua casa. Leia com atenção antes que cometa erros de que se vai arrepender e que lhe podem mesmo custar dinheiro.

Por muito cuidado que tenha ao decorar a sua casa e em escolher elementos para a decorar, há certos aspetos técnicos que devem ser tomados em consideração. Uma casa cuja decoração reflita conforto, aconchego, iluminação e espaço tem de obedecer a certas regras bem conhecidas por parte dos designers de decoração de interiores.

   

Ao decorar a sua casa precisa de combinar os mais simples detalhes com as cores das paredes, os estampados do sofá e qualquer outro acessório visível e impactante para a atmosfera do seu lar. Ao acrescentar ou posicionar algum item de forma errada, pode arruinar totalmente o look que quer transparecer. A cor de uma divisão da casa, por exemplo, pode fazer muito mais do que embelezar o espaço: pode dar a ideia de que a divisão é maior, ou de que é uma divisão mais sóbria ou até mesmo que o espaço é aconchegante.

Porém, um erro cometido por muitas pessoas é o de agirem impulsivamente sem delinear o que uma determinada decisão pode fazer pela sua casa. Pintar uma parede de uma cor, só porque é a sua cor preferida, pode destruir totalmente a decoração da sua casa… e é um erro que lhe vai sair mais caro no futuro, já que não pode trocar a cor num abrir e fechar de olhos.

Imaginemos por exemplo que a sua cor preferida é amarelo e que pinta a sua sala com essa cor. Todavia, já comprou ou tem consigo vários itens para decorar essa mesma sala: um sofá verde, uma mesa de jantar preta e candeeiros azuis. Ainda que estas últimas três peças funcionem bem entre si, temos quase a certeza de que ficariam simplesmente terríveis se colocadas numa sala com paredes amarelas. Além disso, sabia que o amarelo é uma cor visualmente cansativa?

Erros atrás de erros. A solução passaria por substituir os móveis, investindo num novos… Ou resignar-se simplesmente a uma sala de estar e jantar que é visualmente confusa. Existe ainda a possibilidade de pintar a parede com outra cor, uma que combine melhor com o mobiliário. Mas, como dissemos acima, isso implica o desperdício de tempo e dinheiro. Um desperdício que poderia ter sido evitado se tivesse cuidado e planeado tudo antes de partir para a acção.

Não estamos a dizer que você é incompetente. O que queremos dizer é que deve levar mais a sério a decoração da sua casa e procurar ajuda entre quem a pode dar. Siga dicas de designers de interiores, inspire-se com fotografias na Internet ou em revistas de decoração e consulte até o nosso espaço no blog com dicas para decoração de casa.

Procura dicas de decoração para casa ou para um escritório? Leia então o e-book gratuito 50 dicas de decoração para casas e escritórios empresariais!

+ de 30.000 Subscritores

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão o nosso conteúdo.


O seu nome*

O seu e-mail

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *