Home / Marketing /

5 coisas que um briefing deve conter

5 coisas que um briefing deve conter

O briefing é um documento muito importante de uma empresa sempre que contrata serviços de design ou consultoria. Como o próprio termo briefing indica na sua língua original, o inglês, este deve ser um documento breve onde deve ser apresentada a sua empresa em termos gerais. De seguida, o briefing deve ser usada para o que realmente importa: explicar aquilo que deseja obter por parte de outra empresa.

Um dos casos onde o briefing é quase obrigatório acontece quando uma empresa contacta uma agência de design para obter um serviço como a criação de um logotipo ou até mesmo o desenho para um novo website. No briefing, a empresa deixa claro aquilo que idealizou para a sua empresa e que espera que a outra parte execute.

Usando sempre uma linguagem direta, o documento deve esclarecer os objetivos, as metas, os prazos e os orçamentos de cada novo projeto. Da mesma forma, pontos como o público-alvo, o material disponível e as etapas a executar devem fazer também parte do documento já que, uma vez terminado, será usado como guião para todo o projeto.

Dito isto, neste post é sobre o briefing que falamos, elaborando um pequeno guia sobre algumas das regras que deve seguir. Acreditamos que saber escrever um briefing é uma mais valia para qualquer profissional no mercado ou prestes a entrar nele, uma vez que dominará uma competência prezada pelas empresas.

5 coisas que um briefing deve conter

1 – Metas

Ao falarmos em metas não estamos a dizer para pegar numa folha de papel e traçar à sorte uma série de objetivos que acha que a sua empresa deve cumprir num determinado período. Tenha antes o cuidado de analisar aquilo que o cliente deseja, de reunir os seus colaboradores para fazer um brainstorming e perceber realmente a dimensão do espaço para o qual a empresa de pode alargar. Logo depois, vire-se para o Google e verifique se já há trabalhos feitos nessas áreas ou se será pioneiro. Só então conseguirá definir metas concretas e inovadoras que vão lançar todo o trabalho a planear no briefing.

   

2 – Prazos e orçamentos

De quanto tempo dispõe para receber o trabalho feito? E quanto dinheiro está disposto a investir? Uma vez mais, estas são decisões a exigir uma certa análise do mercado e da sua empresa. Quer apresentar um novo site ou um logotipo numa certa data? Então defina prazos em função dessa data, acrescentando sempre alguma margem temporal para evitar receber o trabalho tarde demais. No que diz respeito ao orçamento, deve deixar claro o montante que está disposto a pagar pelo projeto para que os envolvidos na sua execução saibam a margem de que dispõe para trabalhar.

3 – Público-alvo

A sua empresa nunca irá ao encontro dos desejos de todo o mercado. No entanto, há um grupo de pessoas que adere mais facilmente à sua identidade e àquilo que está a vender: o chamado público-alvo. No briefing deve incluir detalhes sobre esse mesmo público, como por exemplo a classe social a que pertence, a idade, o sexo, os rendimentos, entre outros. Estes dados serão usados por um criativo, por exemplo, para construir um site que provoque especial empatia com este público.

4 – Etapas

Como está estruturado todo o projeto? Isto é algo que deve esclarecer no briefing para que todos tenham noção das várias etapas a seguir. De forma a elaborar o cronograma, junte lado a lado as necessidades do seu cliente com as tarefas que precisam de ser realizadas para alcançar o trabalho final. Por questões de organização, sugerimos também que junto a cada etapa coloque o prazo em que deve ser cumprida.

5 – Material

Que materiais serão necessários para dar forma ao sue projeto? Isto deve estar também implícito no seu briefing, uma vez que deve considerar todos os recursos de que a empresa dispõe para tornar o projeto possível e listar as necessidades a suprimir. O ideal é que este trabalho seja usado para evitar desperdício e capitalizar lucros.

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *