Home / Marketing /

12 estratégias para melhorar o seu email marketing

12 estratégias para melhorar o seu email marketing

 

A utilização do email marketing é uma ferramenta poderosíssima para incentivar o seu público a se engajar com o seu conteúdo e posteriormente gerar leads.

E apesar da informação partilhada pela internet, o email marketing ainda está crescendo: o Gmail tem 1 bilhão de usuários em todo o mundo, e com previsão de crescer até 3 bilhóes até 2020  (quase metade da população mundial).

Dito isto, certamente, o email não está morto, mas cada vez mais difícil de o trabalhar. Neste artigo partilho um conjunto de directrizes para email marketing, de modo que desenvolva um crescimento sustentável. Vai ficar a conhecer quais as estratégias deve começar a implementar, evitar e manter durante os próximos tempos.
 

Dê um boost no seu email marketing com as 12 estratégias que se seguem!

 

1. Envie emails para listas que querem ler o seu conteúdo

Se tiver listas de emails com uma baixa taxa de engajamento, pare de enviar! Toda a vez que envia um email para a sua lista com taxa baixa de abertura e engajamento, vai prejudicar a reputação do seu domínio e as oportunidades de se conectar a outros potenciais clientes.

Quando recebe na sua caixa de entrada uma tonelada de emails de marcas com as quais não tem ligação, e vai excluindo ou marcando como “lido”, muito provável ser uma tarefa cansativa. Pois bem, tenha empatia com os seus subscritores e trate a caixa de entrada deles do mesmo modo que gostaria que a sua fosse tratada.

 

2. Tenha um objetivo para cada e-mail antes de o “enviar”

Se não tem um objetivo para o seu email marketing, certamente os destinatários também não saberão. Depois de definir uma meta, pode traçar uma métrica para o sucesso e criar uma lista para que tudo se concretize.

As metas para os seus emails podem incluir um contacto através do preenchimento de um formulário ou resgatar um código promocional de uma compra no seu website.

As metas para seus e-mails podem incluir um contato preenchendo um formulário mais longo para uma oferta de conteúdo fechado para fornecer à sua equipe mais informações sobre a organização ou para resgatar um código promocional de uma compra no seu website.

Forneça aos seus subscritores opções de mensagem, como call-to-action e links in-text, para que haja vários caminhos para atingir a sua meta. O comportamento dos seus subscritores é distinto entre eles, pelo que deve tornar os seus emails flexíveis.

 

3. Personalize e teste os seus emails

Sabia que a personalização no email marketing funciona? Se já testou sabe que a personalização pode trazer grandes conquistas. Emails com o assunto personalizado tem uma média de 26% maior probabilidade de taxa de abertura e muitos profissionais de marketing descobriram um aumento de 760% na sua receita através de o seu email marketing segmentado.

Mas, quando se trata de personalizar os seus emails, mantenha-se pelo básico. Sem uma segmentação avançada pode correr o risco de executar uma má personalização, e nada pior, que receber um email que nos transmite a sensação que não temos qualquer valor e somos apenas mais um da lista.

Dito isto, personalize de acordo com os nomes dos destinatários e da empresa, evitando inconveniências.

 

4. Envie emails de uma conta personalizada

Não use uma conta de email “normal”. Estes pequenos detalhes de personalização funcionam na perfeição. Recuando à premissa, “envie para a sua lista o que gostaria de receber na sua caixa de entrada”, teria preferência em abrir um email de: “[email protected]” ou “[email protected]”. Aumente o seu engajamento personalizando o endereço de email no campo “de” para gerar respostas dos inscritos.

 

5. Experimente enviar emails em diferentes dias da semana

É certo que as terças, quartas e quintas-feiras são os dias mais populares para enviar emails, mas também é fácil de perceber que estão super saturados com mensagens. Ou seja certamente os seus inscritos vão estar com a sua caixa de entrada sobrecarregada. Portanto, o que sugiro usar as oportunidades, se quer que os seus emails sejam abertos, porque não enviar às segundas e sextas-feiras. Por exemplo, ao sábado emails com frases impactantes têm um excelente desempenho. Por isso, não tenha medo de enviar emails também ao fim-de-semana.

Em qualquer dos casos, experimente não enviar nos dias e horas de maior saturação.

 

6. Uma boa lista é constituída por subscritores e não contactos importados

Quando um usuário preenche um formulário e fornece o seu endereço de email, a taxa de engajamento desse usuário geralmente é maior do que a dos contactos importados ou comprados. Isso acontece porque esse usuário quer receber mais informação sua, e até dispensou parte do seu tempo para lhe fornecer os seus dados. Esta é uma evidência de que a metodologia inbound marketing está trabalhando.

   

E, a propósito, por favor não compre listas de email, só está a prejudicar a sua credibilidade e a chatear os usuários que não pediram para receber as suas informações.

 

7. Suprimir os seus subscritores descomprometidos evita o envio de Graymail

Sabe se está enviando spam? Pois bem, isso pode estar acontecer neste momento sem saber. O graymail refere-se a mensagens de email em massa que não são tecnicamente spam porque os destinatários forneceram os seus dados, mas o facto é que eles recebem os seus email e nem os abrem. Convertendo as suas taxas de engajamento em resultados menos bons. Por isso, se continuam a ignorar os seus emails, a probabilidade de abrirem sequer os seus emails cada vez mais reduzida.

Pare de enviar o graymail e analise o motivo para o qual esses subscritores não abrem os seus emails. Comece por suprimir os mesmos. Desse modo, as suas taxas de abertura aumentarão e os provedores de caixa de entrada verão que está correspondendo com o comportamento da sua lista.

 

8. Se estiver ocorrendo cancelamentos de subscrição, não é motivo para alarme ( ainda )

Já todos ouvimos “Agradar a gregos e troianos”, não podemos agradar a todos e cancelamentos vão sempre acontecer. Felizmente, esses usuários não vão marcar-lo como spam. Eles simplesmente lhe disseram, do modo mais gentil possível, que não pretendem receber mais as suas informações.

Não fique em estado de alarme, por enquanto. Se estiver acontecer com bastante regularidade e deixou de haver um equilíbrio entre inscrições e cancelamentos, pois bem, é importante identificar a potencial causa. Considere suprimir ou enviar menos emails para os subscritores que não se vão engajando muito.

 

9. Quando os seus usuários param de abrir os  seus emails

Se a sua taxa de abertura de e-mail estiver caindo, isso significa que não está cumprindo com as expectativas dos seus subscritores. É um indicador importante de que as reclamações e cancelamentos por motivo de spam estão chegando, então deve suprimir de imediato os subscritores que não se engajam. Deve ir testando diferentes tipos de email para ver se consegue melhorar as taxas de abertura.

 

 

10. Se os usuários o marcam como SPAM!

Se está sendo marcado como spam, a reputação do seu domínio poderá estar em risco, e pode até ficar na lista negra dos provedores. Se as reclamações de spam são causadas por uma nova fonte, formulários incorrectos ou até pelo não cumprimento das expectativas da sua lista, pare de vez ou pare por completo de enviar emails, até descobrir o motivo.

Se não está recebendo reclamações no cancelamento ou spam, isso significa simplesmente que o seu email não está indo para a caixa de entrada, mas pode estar indo diretamente para a pasta de mensagens indesejadas dos seus subscritores.

 

11. Seja eficaz e genuíno na linha do “assunto”

Não utilize o clickbait na linha do assunto de email. Mais cedo ou mais tarde, os seus subscritores vão perceber que a linha do assunto não é genuína, prejudicando no futuro as suas taxas de cliques.

Obtenha melhores resultados através da personalização e experimentação de linhas de assunto. Escreva algo que você mesmo era capaz de abrir se o recebesse na sua caixa de entrada.

 

12. Não se esqueça. O email marketing está ficando mais difícil, mas funciona

Ao longo dos anos, as taxas de engajamento começam a diminuir e fica cada vez mais difícil alcançar as caixas de entrada. Isso não significa que o email marketing deixou de ser eficaz, só está muito mais competitivo. O email marketing bem ou mal executado está hoje em dia ao alcance de todos, o que leva à saturação e maior proteção por parte dos provedores de email. Por isso, não se esqueça de testar diferentes estratégias e manter os seus subscritores engajados.

Com estas 12 estratégias vai com certeza melhorar o seu email marketing e aumentar a taxa de cliques. Seja persistente e paciente, analise e adapte-se de acordo com o engajamento da sua lista.

Gostou deste artigo? Compartilhe a sua opinião!


Escolha qual o assunto de interesse que pretende receber no seu email.




 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *