Home / Comunicação Visual /

Quais os conceitos básicos para fazer flyers eficazes?

flyers

Quais os conceitos básicos para fazer flyers eficazes?

As empresas à procura de expansão e de aquisição de novos clientes nem sempre sabem como alcançar os seus objetivos. Embora a Internet tenha aberto muitas portas para que as empresas possam encontrar novos clientes, a verdade é que existem métodos tradicionais igualmente eficazes. A participação em feiras de negócio, por exemplo, ou a comunicação porta a porta continuam a ser excelentes estratégias para atrair novos clientes.

No entanto, como podemos assegurar que tais estratégias vão resultar? O flyer, também conhecido como folheto, é um simples documento (normalmente de apenas uma página, dividida em três partes) onde é organizada informação básica sobre o seu negócio e os serviços que oferece. É uma excelente forma de transmitir o espírito daquilo que faz e de colocar nas mãos de um potencial cliente os contactos de que necessita para comprar diretamente no seu negócio.

Porém, se a sua empresa já costuma fazer flyers e até agora registou pouco sucesso com esta estratégia, talvez esteja na hora de perceber se está a fazer tudo corretamente. Neste artigo, decidimos apresentar uma lista com alguns dos conceitos básicos que deve ter em consideração se quer fazer flyers eficazes. Muitos destes conceitos, ainda que já sejam bem conhecidos por designers e empresários, nem sempre são interpretados de forma correta.

7 conceitos básicos para fazer flyers eficazes

1 – Público-alvo

No planeamento de uma estratégia de comunicação não há nada mais importante do que o público-alvo. É impossível começarmos a trabalhar numa mensagem, no formato do conteúdo e até mesmo no layout do flyer sem percebermos qual público-alvo queremos atingir. Defina de forma muito precisa o grupo a que pretende chegar, tomando em consideração o género e faixa etária. Uma vez identificado o seu público-alvo ideal poderá então avançar para o passo seguinte.

2 – Descontos

Antes de passar para a produção do conteúdo propriamente dito, tenha em consideração o seu objetivo. O que pretende alcançar com a criação deste novo flyer?  Quer, por exemplo, que o flyer atraia 100 clientes novos? Pois muito bem, tem de enquadrar a mensagem para que consiga atingir tal propósito. A questão é: como enquadrar a mensagem? Um dos flyers que melhor resulta e que consegue engajar a audiência é o que inclui descontos e promoções.

Não precisamos de salientar aqui que todos gostam de promoções e de conseguir um produto a um preço mais baixo. Por isso mesmo, considere se o seu flyer não deve incluir um desconto, um voucher, um brinde para levantar na loja ou algo mais que atraia o cliente… sem compromisso nenhum. O simples facto dos hipotéticos consumidores irem apenas à loja significa já que o flyer está a resultar. E a probabilidade da visita se converter em venda é maior.

3 – Conteúdo

Um flyer atraente equilibra sempre conteúdo textual e visual. Ainda que seja essencial usar texto para apresentar a empresa e os produtos/serviços que comercializa, tenha cuidado com os excessos: ninguém gosta de ler longos textos aborrecidos em letras exageradamente reduzidas para comprimir no papel todo o conteúdo necessário. Procure ser sucinto e transformar certas frases em tópicos que podem ser enumerados. Uma regra essencial a tomar ainda em consideração: utilize uma linguagem cuidada, sem erros ortográficos, mas que seja adaptada ao seu público-alvo.

E não nos esquecemos das imagens: o conteúdo visual é essencial em qualquer negócio. Procure mostrar fotografias que demonstrem o espaço ocupado pela empresa, alguns dos seus produtos/serviços e o logótipo da marca sempre com selo de qualidade. Imagens ou logótipos de fraca resolução ou cores desbotadas não são aconselháveis.

   

4 – Título com chamada para a acção

Um bom título é meio caminho andado para o sucesso. Seja criativo e original e formule um título que fique no ouvido e que alimente a curiosidade da audiência. Mesmo que demore algum tempo no processo criativo, o investimento compensará a longo prazo. Procure mexer diretamente com os problemas que afetam o público-alvo e para os quais tem uma solução concreta. Não caia também no erro de fazer um título longo demais. Qualquer informação adicional poderá incluir num subtítulo, em letras mais pequenas, logo abaixo do título principal.

5 – Layout

O design do flyer nunca deve ser posto de lado. Um bom layout reflete por si só alguns dos valores da empresa que espera fazer chegar ao público: profissionalismo, confiança e qualidade. Ao incluir isto na própria produção do flyer, já nem precisa de se justificar ao longo do texto do flyer e de tentar validar tais valores junto do público-alvo. Eles já têm a prova na mão.

6 – Impressão

Todavia, um bom design nunca será apreciado a 100% se descurar na impressão. Uma impressão a preto e branco, por exemplo, reflete logo uma certa despreocupação por parte da empresa. Por outro lado, um flyer que conte com falhas de impressão, como letras tremidas, riscas brancas ou gotas de tinta, não vai também causar uma boa impressão ao público-alvo. Se o seu objetivo é conseguir mais clientes, então dê o seu melhor… e garanta mesmo que recebem o melhor! Procure serviços de impressão e tipografia de qualidade, avalie preços e peça orçamentos.

7 – Divulgação

Pronto, agora que criou o flyer e que o imprimiu chegou à fase da divulgação. Como vai acontecer esta parte? Como mencionamos acima, os flyers são especialmente úteis para apresentar empresas em feiras de negócios. Poderá dispor os flyers num balcão e esperar que quem passa por si fique interessado, lhe faça umas perguntas e leve o flyer com toda a informação útil. Porém, existem outras formas de divulgação que deve considerar.

Se o seu público-alvo faz parte da comunidade local onde a sua empresa se insere, poderá considerar distribuir o flyer porta a porta. Comece por pegar num mapa para traçar diferentes rotas: a partir daqui, conseguirá treinar pessoas para que possa entregar os flyers nas casas certas. Poderá ainda considerar estabelecer uma bancada numa área movimentada e entregar os flyers a quem passa na rua.

Se tem mais sugestões comente este post na caixa em baixo: vamos adorar conhecer as suas ideias!

+ de 30.000 Subscritores

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão o nosso conteúdo.


O seu nome*

O seu e-mail

 

Partilhar este post

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *