serigrafia

De certeza que sabe o que é Serigrafia? Descubra agora!

A serigrafia, também denominada de silk-screen ou simplesmente de impressão em tela, é um serviço cada vez mais procurado por empresas e consumidores. Basicamente, este é um processo de impressão à base de estêncil: a tinta é forçada através de um crivo fino para o substrato que se encontra abaixo dela, permitindo desta forma a gravação de um elemento visual.

A popularidade das estampagens em serigrafia deve-se especialmente ao facto de esta ser uma técnica de impressão muito simples e barata. Além do mais, a serigrafia permite obter uma grande variedade de resultados para as mais diversas finalidades. Seja para um evento empresarial que está a organizar ou simplesmente para uso pessoal: pode recorrer à serigrafia para produzir t-shirts, cartazes e até mesmo canecas com imagens personalizadas.

Veja neste vídeo em baixo como funciona.

De onde vem o termo serigrafia?

O termo serigrafia provém do grego e foi inspirado nas primeiras telas a serem usadas para esta técnica, que eram feitas de seda. Assim, “seda” e “gráfia”, formam naturalmente o termo serigrafia para designar o ato de “escrever ou desenhar em seda”. A primeira vez que esta técnica terá começado a ser aplicada acontece em meados do ano 960 e 1279 d.C., na China. Apenas mais tarde, já no século XV, é que os japoneses começaram a fazer uso da serigrafia para passar desenhos para tecidos de seda.

   

Entretanto, foi apenas no final do século XVIII que a serigrafia chegou ao Ocidente. O processo começou a ser utilizado pela primeira vez pelos europeus para a impressão em papel de parede. Inicialmente usavam linho, seda e outros tecidos finos, mas a técnica foi-se refinando e é hoje considerada uma tecnologia industrial valiosa, sendo aplicável em diversas texturas. No século XX a comercialização de serviços de serigrafia tornou-se comum quando a malha de seda se tornou mais acessível.

Uma vez feita a apresentação de serigrafia e da origem do termo, passamos a uma explicação sucinta do processo de impressão.

O processo de impressão em serigrafia

O processo de impressão em serigrafia é mais simples do que parece. O método assenta no vazamento de tinta através da pressão efetuado por um puxador que fixa na tela previamente preparada. Esta tela, por sua vez, é esticada num quadro de madeira, alumínio ou aço para que a matriz possa então ser sujeita a um processo de fotossensibilidade. É durante essa fase que se prepara uma emulsão fotossensível, colocando-se a tela sobre um fotólito e, mais tarde, numa mesa de luz.

Os pontos escuros do fotolito correspondem aos locais que ficarão vazios na tela, permitindo a passagem da tinta pelo tecido. Por sua vez, os pontos claros são impermeabilizados pelo endurecimento da emulsão fotossensível exposta à luz. Para cada cor de impressão é utilizada uma matriz, resultando tudo isto num impresso com grande densidade de cor, saturação e textura.


Escolha qual o assunto de interesse que pretende receber no seu email.




 

estampa silk, impressão, impressão em serigrafia, impressão em silk, impressão silk, impressor de serigrafia, impressora para serigrafia, impressora serigráfica, papel silk, serigrafia, serigrafia impressão, serigrafia silk, silk em camisetas, silk serigrafia, tinta silk


André Ferreira

André Ferreira

Nascido e criado no universo da publicidade, é impensável eu estar noutro lugar. Sou o fundador do Blog Publicidade & Marketing e também Digital Marketeer de profissão, mas sobretudo acredito que qualquer pessoa consegue alcançar o seu sucesso, através de muita dedicação e só com o apoio das ferramentas correctas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *