Home / Impressão Digital /

Dreambox: e se pudesse fazer uma impressão 3D numa máquina comercial?

dreambox

Dreambox: e se pudesse fazer uma impressão 3D numa máquina comercial?

Se tem a oportunidade de acompanhar revistas ou websites sobre tecnologia, saberá de certo que uma das tendências do momento diz respeito à impressão 3D.

Esta tecnologia, também conhecida como fabricação aditiva, é o processo pelo qual objetos físicos são criados pela deposição de materiais em camadas, com base num modelo digital. Todos os processos de impressão 3D requerem o trabalho conjunto de software, hardware e materiais.

A tecnologia de impressão 3D pode ser usada para criar tudo, desde protótipos a peças simples a produtos finais altamente técnicos, como peças de avião, construções sustentáveis, implantes médicos que salvam vidas e até mesmo órgãos artificiais com o uso de camadas de células humanas.

Células humanas? Sim, leu bem. Mas calma, neste artigo não vou avançar para essas tendências futuristas. Hoje, falo-lhe de uma ideia criativa que quer aproximar a impressão 3D do consumidor comum: algo tão simples como uma vending machine.

E se pudesse fazer uma impressão 3D numa máquina comercial?

A Dreambox foi criada pelos co-fundadores David Pastewka, Ricard Berwick e Will Drevno, que se conheceram durante uma aula de desenvolvimento de apps móveis na Universidade da Califórnia, em Berkeley. Frustrados com a falta de opções de impressão 3D acessíveis no campus da faculdade e o prazo de entrega de duas a quatro semanas para serviços de impressão online 3D, o trio teve uma ideia para resolver este problema.

   

“Ter um objeto 3D impresso com um Dreambox é tão simples como fazer o upload ou escolher um design online, clicar no botão ‘Imprimir’ e pegar no objeto assim que estiver pronto”, afirmaram os três co-fundadores num comunicado à imprensa.

Na Dreambox, os consumidores também podem fazer o upload de projetos através de uma chave USB na máquina. Se não tiverem os seus próprios modelos 3D, os clientes podem selecionar um de um catálogo de projetos ou usar uma das muitas apps que ajudam a personalizar um modelo. Quando um objeto é selecionado para impressão, é enviado para o Dreambox mais próxima e adicionada à fila.

Após a impressão, o objeto é removido automaticamente da superfície de construção e armazenado num armário  dentro da máquina. O cliente é alertado via mensagem de que a sua criação está pronta, recebendo ainda um código exclusivo para abrir o armário.

Embora a Dreambox ainda pareça estar nos seus estágios iniciais de desenvolvimento, os seus criadores têm a intenção de dar ao campus da Universidade da Califórnia uma máquina o mais rápido possível.


Escolha qual o assunto de interesse que pretende receber no seu email.




 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *