Home / Empreendedorismo /

6 passos para apresentar pequenos negócios à audiência certa

6 passos para apresentar pequenos negócios à audiência certa

Tem uma excelente ideia para um negócio? Excelente! O mercado de hoje vive de boas ideias e, mesmo que numa primeira instância possa parecer difícil conseguir um lugar ao lado dos seus pares profissionais, a verdade é que existem formas de se destacar.

Um dos primeiros passos que terá de dar inevitavelmente para dar forma ao seu negócio passa por estruturar a ideia e ter a capacidade de a apresentar. Apresentar? Sim, isso mesmo. Seja a um potencial investidor, a um cliente ou até mesmo à sua família: saber exatamente o que dizer para “vender” a ideia e conseguir apoio para a concretizar é extremamente importante.

Em inglês, este tipo de apresentações conta com uma designação muito simples: pitch. O pitch é uma apresentação de negócio tão curta que poderia ser feita durante uma viagem de elevador. É essa mesma essência que pretendo demonstrar ao longo dos próximos parágrafos, onde falei dos passos que deve dar para apresentar a sua ideia de negócio.

Como leitura prévia recomendo também estes artigos publicados no nosso blog em:

Como escrever uma carta de negócios para atrair clientes?

7 dicas para atrair novos clientes para o seu negócio

Por que razão é tão importante fidelizar clientes para o seu negócio?

Confira a lista com 6 passos para apresentação do seu pequeno negócio

1 – Seja conciso e direto

A regra do menos ser mais é a que melhor se aplica nestes casos. As apresentações verbais e extensas não vão impressionar os investidores, ou contrário do que está a pensar, e provavelmente provocarão exatamente o efeito oposto, causando aborrecimento e desinteresse. Apresente seu negócio de uma maneira curta, concisa e direta. Os investidores precisam de se sentir confiantes de que os seus negócios atrairão mais clientes. Se não entenderem o seu conceito num curto espaço de tempo, podem presumir que os clientes também não entenderão. Nesse caso, por que haveriam de investir?

2 – Venha armado com factos

   

Inspire confiança com factos, não com ficção. A maioria dos investidores procura empresas de baixo risco com gestores que consigam dar o máximo de garantias de que o que trazem tem tudo para funcionar. Uma empresa com fluxo de caixa, um histórico de sucesso e experiência do mundo real tem uma melhor hipótese de conseguir investidores do que um plano de negócios que prevê grandes retornos mas que não dá provas de como os obterá. Encontre formas de testar a viabilidade da sua empresa com um orçamento seguro e transforme a sua ideia num negócio funcional antes de procurar investimento.

3 – Não seja exibicionista

Por muito que se possa sentir tentado em fazê-lo, não seja exibicionista. Paute o seu discurso pela simplicidade e humildade. Se a apresentação for feita para um grupo de investidores respeitáveis, estes ​​não o levarão a sério caso apresente gráficos financeiros absurdos que afirmam que as receitas da empresa crescerão na ordem dos milhões no período de dois ou três anos. Mostre aos investidores que é capaz de compreender a realidade e de a dividir em três versões de projeções financeiras: melhor caso, caso moderado e pior caso. Baseie cada um desses modelos em factos, dados de desempenho passados ​​e presentes, análises de mercado e de atividade concorrente e uma série de premissas bem pensadas que seja capaz de defender.

4 – Seja barato

Num período como aquele em que vivemos, os gastos continuam fora de controle, o que significa que, aos olhos de um investidor, precisará de provar que é um gerente fiscalmente responsável que sabe como tirar o máximo proveito do seu dinheiro. Dê a você mesmo o espaço de suspensão nas suas operações e orçamentos de marketing, mas evite ser excessivo. Nunca peça um salário grande ou vantagens de grande orçamento. Os investidores querem que esteja numa posição em que tudo esteja alinhado.

5 – Pense numa estrutura realista

Os investidores mostram-se relutantes em financiar pequenos negócios que se querem tornar em multinacionais do dia para a noite. Antes de pedir milhões de euros para financiar 50 departamentos e centenas de linhas de produtos, dê provas do quão bem pode criar, gerir e atender a procura por um único produto. Demonstre que a sua empresa pode rastejar e até mesmo gatinhar antes de dizer que pode caminhar. Aperfeiçoe as suas táticas de marketing, estratégias de vendas e procedimentos operacionais. Os investidores apreciam as empresas com modelos empresariais passo-a-passo e sustentáveis ​​que estão preparadas para o crescimento exponencial.

6 – A inteligência não depende só de si

Numa apresentação do seu pequeno negócio, esteja bem ciente dos factos essenciais para defender a sua ideia e dê provas não só da sua inteligência e conhecimento da marca, como também da equipa que o rodeia e que fará parte do projeto. Crie uma equipa de especialistas credíveis. Os líderes mais inteligentes do mundo são aqueles que se fazem rodear de pessoas mais inteligentes. Os investidores estão a financiar uma equipa de gestão tanto quanto estão a investir num ótimo conceito de negócios.

+ de 30.000 Subscritores

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão o nosso conteúdo.


O seu nome*

O seu e-mail

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *