Home / Comunicação Visual /

4 dicas para encontrar fontes tipográficas na Internet

fontes-tipograficas

4 dicas para encontrar fontes tipográficas na Internet

Com dezenas de milhares de fontes tipográficas disponíveis na Internet, é difícil identificar uma fonte específica simplesmente lembrando-nos do seu nome quando a vemos. Felizmente, hoje já não precisa de dominar esta capacidade de memorização – existem sites gratuitos e uma aplicação para smartphones para que possa identificar fontes tipográficas a partir de amostras de texto. O processo é fácil e muito divertido.

Independentemente do recurso que usar, a identificação de uma fonte impressa funciona da mesma maneira: digitaliza ou tira uma fotografia de algum texto, faz o upload e, em seguida, o software tenta adivinhar os caracteres na fotografia. Depois dos caracteres serem identificados corretamente, o software tenta encontrar as fontes tipográficas correspondentes.

Para obter os melhores resultados, use uma imagem limpa e reta do texto. Idealmente, encontre um grande exemplo impresso da fonte e, em seguida, digitalize-o – texto de 18 pontos ou maior funciona melhor, porque as bordas dos caracteres serão mais precisas. Se não tem um scanner, tire uma fotografia com o seu smartphone ou câmara. Certifique-se de segurar bem na câmara para que o texto não fique inclinado horizontal ou verticalmente. Se não for possível, abra a foto num editor de imagens e use as suas ferramentas para a endireitar.

NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE CONFERIR TAMBÉM BANCOS DE IMAGENS AQUI NESTE LINK

Não sabe onde encontrar fontes tipográficas na Internet? Confira em baixo!

A aplicação WhatTheFont

A maneira mais simples de identificar uma fonte passa por usar uma aplicação que tem andado nas bocas do mundo nos últimos meses: a WhatTheFont. Basta iniciar a aplicação e, em seguida, tirar uma foto do texto onde quer que este apareça – seja em papel, sinais, paredes, um livro, ou por aí fora. A app solicita que recorte a fotografia no texto e, em seguida, identifique cada caracter. Fontes possíveis aparecem então numa lista abaixo da fotografia que enviou, usando as letras do texto que usou como exemplo (o que o ajuda a determinar a melhor combinação). Depois, basta tocar em qualquer fonte na lista para a ver com mais detalhe.

Extensão WhatFont

Felizmente, é muito mais fácil identificar fontes na Web do que em texto impresso. Se a fonte que deseja encontrar é usada em texto real – ou seja, não numa imagem – use apenas o WhatFont, que está disponível como um bookmarklet, bem como uma extensão para o Safari e o Google Chrome. Uma vez instalada, a extensão adiciona um pequeno botão no seu browser. Clique no botão, aponte o rato para quaquer texto numa determinada página e as informações sobre a fonte ser-lhe-ão apresentadas de imediato.

Clicando em algum texto enquanto o WhatFont está ativo, poderá abrir um painel de detalhes da fonte para esse mesmo texto. Este painel não indica apenas o nome e o tamanho da fonte, mas também mostra o alfabeto da fonte e a sua cor (como um valor hexadecimal), e até mesmo permite tweetar o que encontrou.

WhatFontis

Se a fonte que deseja identificar na Web está dentro de uma imagem (como acontece, por exemplo, com os logotipos ou anúncios), precisa de usar um dos recursos de fonte impressos mencionados anteriormente. No entanto, em vez de carregar a fotografia que tirou a uma outra imagem com o texto, basta arrastar a imagem do site da sua área de trabalho e, em seguida, carregar essa imagem para o serviço de identificação de fontes.

   

Dito isto, quem utiliza Firefox ou Chrome pode carregar imagens automaticamente usando a extensão WhatFontis. Uma vez instalado, basta clicar com o botão direito do rato numa imagem e escolher “Usar esta imagem em WhatFontis.com”. O site WhatFontis.com é aberto numa nova aba com a sua imagem preparada e pronta para identificação.

Pergunte a profissionais

Se, mesmo assim, não conseguir identificar a fonte usando os recursos acima, tente procurar a opinião de especialistas em design gráfico. Fóruns online são um bom lugar por onde começar. Basta colocar aí uma imagem com a fonte em questão para receber opiniões e sugestões. No melhor dos casos, a sua fonte será identificada numa questão de minutos. Caso contrário, pode levar algumas horas ou até mesmo dias.

 

Confira também os nossos posts relacionados:

Helvetica: a história de uma das fontes mais populares de sempre

Os 15 melhores sites para baixar fontes na Internet

Noto: a Google tem uma fonte universal e gratuita para 93 idiomas

+ de 30.000 Subscritores

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão o nosso conteúdo.


O seu nome*

O seu e-mail

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *